Sexualidade e contraceção
  • Metodos Contracetivos
    São muitos os métodos contracetivos que existem atualmente. Por isso, na hora de escolher, é necessário conhece-los!
  • Como funciona um teste de gravidez?
    São vários os indicadores de uma possível gravidez – menstruação em falta, peito sensível e inchado, fadiga excessiva, enjoos – por isso se suspeita que pode estar grávida, é normal que a curiosidade a leve a fazer um teste de gravidez.
  • Sífilis – o que é, como se previne e como se trata?
    A sífilis é uma infeção sexualmente transmissível (IST) causada pela bactéria Treponema pallidum. Pode ser transmitida através do contacto sexual desprotegido (sem uso de preservativo) ou durante a gravidez, da mãe para o bebé.
  • Hepatites B, C e D
    A hepatite corresponde à inflamação do fígado e pode ser causada por vírus e bactérias, mas também pelo consumo de álcool, por exemplo.
  • HIV/SIDA nos dias de hoje
    A síndroma da imunodeficiência adquirida (SIDA) é o estado mais avançado da infeção causada pelo vírus da imunodeficiência humana (VIH).
  • Tricomoníase – o que é?
    A tricomoníase é a infeção sexualmente transmissível (IST) curável mais comum no Mundo. É causada pelo protozoário (um tipo de parasita) Trichomonas vaginalis e é, na maioria dos casos, assintomática (apenas 3 em cada 10 pessoas têm manifestações da infeção). Afeta mais frequentemente mulheres, particularmente com o avançar da idade.
  • Gonorreia – o que é, como se previne e como se trata?
    A gonorreia é uma infeção sexualmente transmissível (IST) causada pela bactéria Neiserria gonorrhoeae. Pode afetar tanto o homem, como a mulher, sendo, em muitos casos, assintomática (isto é, sem manifestações associadas).
  • Infeções Sexualmente Transmissíveis – o que são, exatamente?
    As infeções sexualmente transmissíveis (IST), muitas vezes denominadas doenças sexualmente transmissíveis (DST), são infeções cuja forma de transmissão mais frequente (mas nem sempre a única) é o contacto sexual.
  • Candidíase Vaginal – Como prevenir e tratar
    O tratamento da candidíase vaginal é recomendado a mulheres e parceiros que também tenham sintomas e é feito com medicamentos antifúngicos, disponíveis na farmácia, sob a forma de creme, comprimido vaginal, óvulo ou por via oral. Os cremes, aplicados externamente, ajudam a acalmar sintomas como, por exemplo, a comichão.